Combate às desigualdades - Pra Ser Justo
Top

Pilar

Combate às
desigualdades

Nosso sistema tributário é regressivo: penaliza mais os mais pobres. Como a carga incide mais sobre o consumo, eles pagam proporcionalmente mais que os ricos. A reforma tributária precisa corrigir esta distorção. Um novo sistema tributário pode ser instrumento eficiente para combater desigualdades – econômicas, sociais e regionais. Pode ajudar a atenuar a péssima distribuição de renda e riqueza no país, característica negativa que distingue o Brasil entre a maioria das nações do mundo. Um modelo tributário mais justo deve conter mecanismos que promovam maior equidade, como o que prevê a restituição de tributos pagos por cidadãos da base da pirâmide social. Por sua vez, a adoção do princípio da cobrança dos tributos no destino pode ajudar a equilibrar a distribuição das receitas entre as regiões, encurtando distâncias e ajudando estados mais pobres do país.

Compartilhe

+ pilares

Combate às desigualdades

A reforma tributária será eficiente para combater desigualdades. Pra Ser Justo, o sistema precisa atenuar a péssima distribuição de renda e, ao mesmo tempo, ajudar a equilibrar a divisão das receitas entre as regiões do país, impulsionando o desenvolvimento dos estados mais pobres.

Geração de empregos
e empreendedorismo

Pra Ser Justo, o sistema tributário precisa facilitar a vida dos empreendedores e dinamizar a economia brasileira. As propostas de reforma tributária em debate no Congresso têm potencial para ajudar a retomada do crescimento e a geração de empregos. É o que o Brasil precisa.

Crescimento econômico
e competividade

O Brasil precisa de reformas estruturais para retomar o caminho do desenvolvimento. Com a reforma tributária que queremos, as empresas terão um ambiente melhor para produzir com menos custos e quem trabalha terá mais oportunidades. É Pra Ser Justo!

Simplificação
e Transparência

Em 168 países, bens e serviços são tributados por um imposto único. No Brasil, são cinco tributos e milhares de legislações e regulamentações. Para piorar, não sabemos exatamente quanto pagamos em impostos. Pra Ser Justo, é hora de simplificar e ser transparente.

Tributos como instrumento
de cidadania

Tributos proporcionam direitos. São, assim, instrumentos de exercício da cidadania. Pra Ser Justo, o novo sistema deve permitir que o contribuinte cobre do Estado o que ele lhe deve em troca do que recolhe aos fiscos. É a chave para melhores serviços.

Conheça e apoie
o movimento

Pra Ser Justo é um movimento de entidades e organizações da sociedade civil empenhadas na aprovação da reforma tributária. Reunimos parceiros, instituições, empresários, especialistas e gente comum que quer contribuir para um novo sistema mais justo e mais simples.

Conheça nosso movimento pela reforma tributária